Cosud SP

Home » Estados compartilham ações do tema “Desburocratização, Inovação e Tecnologia”
Share

Estados compartilham ações do tema “Desburocratização, Inovação e Tecnologia”

Representantes traçaram um panorama do atual estágio tecnológico em seus estados e apresentaram ideias inovadoras para avançar na transformação digital

No segundo dia de reuniões dos Grupos de Trabalho da 9ª edição do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud), nesta sexta-feira (20), o GT de Desburocratização, Inovação e Tecnologia compartilhou um panorama das ações em andamento nos respectivos estados e finalizou o dia com a produção do relatório final dos temas discutidos nesta edição, que auxiliará na construção da Carta São Paulo, que deve ser lida no próximo sábado (21), no encerramento do evento.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de São Paulo, Vahan Agopyan, lembrou que o grande objetivo do encontro é chegar a propostas concretas para os assuntos ligados à Ciência, Tecnologia e Inovação.


No GT, os representantes dos estados do Rio Grande Sul e Espírito Santo pontuaram as ações para o desenvolvimento de tecnologia e inovação em seus respectivos estados. Simone Stülp, secretária de Inovação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ressaltou a importância da realização dos encontros. “Essa é a terceira edição deste ano e a gente vem amadurecendo. Percebemos que temos mais proximidades do que diferenças, tanto em termos de desafios quanto em termos de oportunidades na gestão da inovação, ciência e tecnologia em nossos estados”.

Os representantes do Rio de Janeiro falaram dos desafios e das metodologias de inovação almejadas, que segundo eles, é uma prioridade do governador Cláudio Castro nesta gestão.

“O Rio de Janeiro, nos últimos dois anos, tem feito um sprint em promover a transformação digital, concentrando esforços, mas a gente sabe que é o só o primeiro degrau de digitalização dos serviços, mas que todo um arcabouço precisa ser cumprido para isso. Precisa ter a popularização da cultura digital, a gente sabe que muitos percalços e problemas para o alcance desse governo digital vai ser enfrentado ao longo dessa caminhada e a gente precisa trabalhar pensando em inovação aberta, em construir esses polos de construção colaborativa e participativa diante dessa nossa empreitada de ter um governo 100% digital até 2026”, afirmou Ana Lúcia Santoro, assessora de projetos da Secretaria de Transformação Digital do estado do Rio de Janeiro.

Em Minas Gerais, a busca é por fomentar inovação através de pesquisas e desenvolvimento tecnológico em torno de soluções para desafios mapeados previamente pelo governo estadual.

“Em Minas Gerais, lançaremos ao final do ano um edital que financiará o teste e a incorporação de projetos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico capazes de solucionar desafios públicos. No âmbito do Cosud, estamos explorando a possibilidade de formar parcerias com os demais estados do Consórcio para que desafios comuns possam ter as suas soluções co-financiadas. Com isso pretendemos promover o desenvolvimento de soluções tecnológicas que possam beneficiar a todos”, destacou Pedro Emboava Vaz, Superintendente de Inovação Tecnológica da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais.