Cosud SP

Home » Novo Ensino Médio é foco de discussão no grupo de trabalho da Educação no primeiro dia do Cosud
Share

Novo Ensino Médio é foco de discussão no grupo de trabalho da Educação no primeiro dia do Cosud

Evento acontece em São Paulo até sábado (21); Estado de São Paulo mudou Ensino Médio e dá espaço à formação técnica para 2024

O Ensino Médio e a preocupação em combater a evasão escolar entre alunos desse nível escolar estão entre os temas discutidos no primeiro grupo de trabalho da Educação da 9ª edição do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud), nesta quinta-feira (19). O consórcio acontece até sábado (21) e reúne representantes dos sete estados das duas regiões na capital paulista.

No primeiro grupo de trabalho, realizado na tarde desta quinta-feira, o secretário da Educação do Estado, Renato Feder, esteve representado pelo secretário-executivo, Vinicius Neiva. “A primeira reunião do GT da Educação do Cosud deixou clara a necessidade de alteração do projeto de lei sobre o novo Ensino Médio, do Ministério da Educação. É necessário viabilizar o ensino profissionalizante integrado”, afirma Neiva.

Representantes dos sete estados reconhecem que a nova proposta do MEC, de aumentar das atuais 1.800 para 2.400 horas as aulas das disciplinas-base do Ensino Médio, como língua portuguesa, matemática, geografia e história, e manter 600 para os itinerários formativos, prejudicará, por exemplo, a implantação de aulas profissionalizantes, do Ensino Médio Técnico.

Outra pauta abordada durante o GT pelos representantes dos sete estados é a formação de professores, que não se sentem preparados para ministrar aulas dos itinerários formativos.

Mediante consulta à rede e atendendo aos anseios de professores e estudantes das escolas paulistas, para 2024, a Secretaria da Educação do Estado reduzirá atuais 12 itinerários formativos ofertados para três, que são: Matemática e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e Suas Tecnologias; Linguagens e suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas e Ensino Médio Técnico.

No Ensino Médio Técnico, a Secretaria da Educação ofertará vagas em 10 cursos: administração, agronegócio, ciências de dados, desenvolvimento de sistemas, apoio pedagógico na educação básica, enfermagem, farmácia, hospedagem (hotelaria), logística e vendas.